Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012

[Curating]
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 -
Lothar Baumgarten

Se tudo é humano, tudo é perigoso

[Text PT]

É bem provável que criar um mundo seja, em parte, semelhante a conceber uma exposição. Ambos são atos narrativos com um início onde nada existe, um segundo momento em que os elementos levitam em expectativa, e o desenrolar da ação, no qual o território é tomado por seres, coisas e conceitos que tentam fixar-se.

Uma narrativa sobre o mundo, tal como uma exposição, podem ser relatadas segundo diferentes pontos de vista, e serem lugares de intensa experimentação e alteridade, ...
[Read more]

Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Rodrigo Matheus
Rodrigo Matheus
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Léon Ferrari
Léon Ferrari
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Gusmão+Paiva
Gusmão+Paiva
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Eduardo Guerra
Eduardo Guerra
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Deyson Gibert
Deyson Gibert
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Julieta Aranda
Julieta Aranda
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 - Julieta Aranda
Julieta Aranda
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 -
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 -
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 -
Marta Mestre – Se tudo é humano, tudo é perigoso, SPArte, São Paulo, 2012 -